Como São João Paulo II derrotou o comunismo

Internacional

Max Cardoso

Publicado em 04/02/2020

Dentre as muitas colaborações que a Polônia e seu filho nativo, o Papa São João Paulo II, deram ao mundo, está o surgimento de uma verdadeira revolução do espírito. Isso mostrou que o império soviético estava baseado em uma grande mentira antropológica. Essa história é incrivelmente contada no documentário “Liberating a Continent: John Paul II and the Fall of Comunism” (Libertando um Continente: João Paulo II e a Queda do Comunismo) de David Naglieri, uma refutação sútil e provocativa contra o que as nossas elites secularizadas acreditam sobre o que realmente move a história e sobre como o cristianismo consegue impactar o mundo.

Bertrand Russell, um dos filósofos ateístas mais influente do século XX, escreveu que “a religião cristã, organizada em suas igrejas, foi e ainda é o principal inimigo moral do progresso no mundo”. Infelizmente, hoje no ocidente a maioria esmagadora das elites intelectuais compartilha a opinião de Russell.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar