A vida da Venezuela nunca foi fácil

Internacional

Ricardo Roveran

Publicado em 28/01/2020

Desde antes da independência, em julho de 1811, a Venezuela atravessa situações de muito sangue, suor e lágrimas. Na época, um militar liberal chamado Simón Bolívar, revoltado com o domínio do império espanhol, abraçou para si a dura missão de libertar o país. Em pouco tempo, Napoleão Bonaparte tomaria territórios na Europa e, entre eles a Espanha, concedendo ao irmão José Bonaparte o trono espanhol e todos os territórios abaixo dele, incluindo a Venezuela.

O império trocava de mãos, e a Venezuela, de imperador. Isso definitivamente endurecia a luta e aumentava a dificuldade de forma brutal. Bolívar, então, percebeu que o problema principal era o desequilíbrio de forças: os espanhóis tinham um império à disposição, a Venezuela apenas gente de boa vontade. Situações incomparáveis.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar