STF: posteridade já!

Judiciário

Ruy Fabiano

Publicado em 22/03/2021

Se outro mérito não tem (e é improvável que o tenha), a atual composição do STF chegará à posteridade como a mais conhecida – e a mais impopular - de toda a História, e não apenas a do Brasil. 

Jamais nenhuma outra Corte Suprema, aqui e em qualquer parte, teve sua escalação e atuação como tema de manifestações de rua, conversas de botequim e discussões domésticas. 

Nesse quesito, rivaliza com a própria Seleção Brasileira. Todos sabem quem joga nessa ou naquela posição – e a eficiência (ainda que pelo avesso) de cada qual. 

Mesmo sem entender uma só palavra de juridiquês, a plebe ignara – e não apenas a elite política, acadêmica e jornalística - sabe perfeitamente o teor das decisões de suas excelências. Sabe, não gosta e não tem dúvidas sobre o que as inspira. 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar