A CPI da Lava-toga e a militância bolsonarista

Congresso

Henrique Lima

Publicado em 24/09/2019

Estamos a testemunhar um racha na direita por conta da CPI da Lava-toga. Pergunta-se: a criação desta comissão parlamentar de inquérito no Senado, com a finalidade de investigar a atuação dos tribunais superiores, é de fato urgente e necessária? O momento é oportuno? As respostas divergem. O requerimento da CPI cita algumas supostas mazelas do Judiciário a serem investigadas: usurpação do poder legislativo (ativismo judicial), uso abusivo de pedidos de vista como meio de postergar ou impedir a decisão colegiada, desrespeito ao princípio da colegialidade com o predomínio de decisões monocráticas, aceleração ou retardamento casuísticos da tramitação processual, admissão seletiva de recursos e prática de atividades econômicas incompatíveis com a lei.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar