Prendam aquele ladrão de cerveja!

Internacional

Diana West

Publicado em 25/01/2021

O que se segue é um trecho da queixa criminal apresentada contra Andrew Ericson, 23 anos, de Oklahoma, outro peixe miúdo apanhado nas Investigações do Departamento de Justiça sobre o vandlismo no Capitólio . Nada sobre o assassino de Ashli Babbitt aqui, no entanto, mesmo que Babbitt seja a única pessoa a ter sido morta durante o protesto, e por um policial do Capitólio. Existe "violência" e existe "violência" e, aparentemente, matar no Capitólio não é "violência". Mas roubar cerveja se encaixa na rubrica do Departamento de Justiça. Detalhes abaixo.

Eu acho algo cruelmente norte-coreano e de mídia social sem sentido no que se segue, incluindo as evidências: fotos do Snapchat de uma pegadinha sem vítimas como evidência estadual de um crime federal - entregue à “Stasi” americana por um informante, entre os próprios seguidores do Snapchat do homem. E quanto às pessoas que roubaram toda a eleição presidencial do povo americano?  -- 

Em 8 de janeiro de 2021, o Procurador dos Estados Unidos (EUA) Trent Shores, Distrito Norte de Oklahoma, contatou o Agente Residente Especial de Supervisão (SSRA) Terry Heatherman, Agência Residente de Tulsa, Divisão da Cidade de Oklahoma, a respeito das fotografias de Snapchat que o USA Shores recebeu, nas quais um homem com o nome de ANDREW ERICSON estava no edifício do Capitólio dos Estados Unidos em 6 de janeiro de 2021. O USA Shores afirmou acreditar que ERICSON residia em Muskogee, Oklahoma, que fica no Distrito Leste de Oklahoma. Affiant recebeu de Heatherman as fotos do Snapchat em 8 de janeiro de 2021.


Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar