Mudança de Mentalidade

Comportamento

Alberto Alves

Publicado em 04/01/2021

Melhor do que pensar no que se pode fazer para melhorar nosso país, é refletir na maneira como a sociedade vem encarando a realidade do mesmo. Como descrita nas palavras do físico alemão, Albert Einstein: “Você não pode resolver um problema com a mesma mentalidade que o criou”. Afinal, problemas sempre existirão, o que muda é a forma como os encaramos para resolver.

Apesar dos esforços do presidente da República e alguns dos seus ministros em tentar diminuir a influência do Estado sobre as liberdades da sociedade, ainda é possível encontrar grande resistência contra tais medidas, especialmente, claro, por parte daqueles que são diretamente beneficiados pela intervenção estatal. Curiosamente, eles são, em grande parte, funcionários públicos que deveriam atender aos interesses da sociedade conforme suas necessidades. No entanto, pressionam o Congresso a manter o pulso firme contra as liberdades do cidadão com leis cada vez mais rígidas e restritivas.

Por mais que tais esforços sejam grandes e tenham até ganhado força nos últimos anos, ainda não foi possível criar uma mudança de mentalidade no cidadão comum no sentido dela ter consciência de que um Estado grande mais atrapalha do que ajuda. Infelizmente a nossa sociedade ainda não consegue perceber que há opções diferentes daquelas oferecidas pelo governo, e os debates sobre a forma como ele lida com esses serviços tem mais força do que aquelas que limitam as suas ações.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar