Ano escolar

Comportamento

Letícia Dornelles

Publicado em 28/12/2020

O ano de 2020 foi extremamente exótico. A pandemia afetou o planeta. As crianças e os idosos foram os que mais sofreram. A maioria ficou trancada em casa durante longos meses. Sem convivência com outras pessoas, solitárias, sem ir à escola, sem se exercitar, sem ver a luz do sol, sem ir ao mercado escolher o próprio alimento. Muito triste. 

Um ser humano precisa de outro ser humano. Por mais que você goste de ficar em casa sozinho, e se baste, uma coisa é optar por esse estilo de vida. Outra coisa é ser obrigado a abrir mão da sua rotina e da sua liberdade de ir e vir. Nem todo mundo é autossuficiente. Nem todo mundo fica confortável na solidão. 

O texto não é negacionista. Mas é realista. Reconheço que há um vírus forte. Mas não sei se as políticas de isolamento completo são as melhores. Não vou entrar no mérito porque não sou médica, nem pesquisadora, nem especialista em vírus. Tenho a minha opinião sobre tudo o que aconteceu e guardo-a a sete chaves. 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar