Melancia

Comportamento

Letícia Dornelles

Publicado em 28/12/2020

Quando eu era criança, o caminhão da melancia passava na minha rua, e era a felicidade suprema. Um dos momentos mais esperados da semana. De longe, ouvia-se o barulho do trambolho, pesado e antigo, sem conexão com a modernidade, rodas presas, excesso de peso, geralmente tombado para a esquerda, e cheio de melancias verdinhas por fora e vermelhinhas  por dentro.  

Refiro-me às melancias que são frutas. 

O motorista colocava a cabeça para fora da janela do caminhão e gritava: - Olha a melanciaaaaaaaa! 

A criançada corria atrás do caminhão para comprar a deliciosa e suculenta fruta. Dinheirinho nas mãos e a fila imensa se formava. Um minuto na fila parecia um século interminável.  

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar