Um Brasil forte e unido é o que precisamos

Brasil

Daniel Lemos

Publicado em 23/11/2020

Após o primeiro turno das eleições municipais, muito se debateu sobre o presidente Bolsonaro e a direita terem perdido campo. Criaram narrativa, maquiaram dados importantes e, diante de toda a confusão do TSE, busca-se compreender o que de fato aconteceu. 

Tentam pintar um quadro de fragmentação e de que o discurso do atual presidente teria voltado ao patamar de antes da facada, palavra proferida pelo presidente de uma das Casas do Congresso Nacional e desprovida de qualquer bom senso diante do fato de um candidato à Presidência da República quase perder a vida por um ato terrorista.

Com esse texto, apontarei algumas questões que ajudarão a compreender como se desenrolou o debate dos fatos que aconteceram durante a semana, encorajando o leitor a crer que é possível fazer mais, mesmo que no 1º turno tenhamos visto acontecimentos que entristecem muito a luta da direita.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar