Devemos sim nos preocupar com as eleições, taokei?!

Eleições

Daniel Lemos

Publicado em 06/10/2020

No artigo anterior comentei com vocês que pesquisar a vida dos candidatos será o grande desafio para a militância conservadora de direita. Confiar somente em redes sociais e vídeos não será uma opção para o guerreiro que pretendemos conscientizar com esse trabalho. Fiz também alertas gerais (quem não leu faz o dever de casa e leia antes de seguir nesse) e comentei que o poder vicia tanto quanto qualquer substância química.

Para tornar relevante o título, passo alguns dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que mostram que 147.918.483 eleitores brasileiros estão aptos a votar nas Eleições 2020. Esses eleitores vão eleger novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, em 5.569 municípios espalhados pelo país no pleito de 15 de novembro. Apenas o Distrito Federal e Fernando de Noronha não participam das eleições municipais.

Os eleitores brasileiros que estão registrados para votar no exterior também não participam desse pleito, uma vez que o voto em trânsito só ocorre nas eleições gerais. Os números mostram que houve uma evolução de 2,66% do eleitorado em relação às últimas eleições municipais (2016), quando 144.088.912 estariam aptos a exercer o direito ao voto.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar