Covid 19: O vírus da corrupção

Brasil

Rogério Greco

Publicado em 01/09/2020

A audácia dos políticos brasileiros não tem limites. Mesmo depois de inúmeros casos de condenação em virtude da chamada operação lava jato, que mostrou a pior face do grupo de genocidas que dominou o país pelo menos nas duas últimas décadas, a pandemia mundial da COVID 19 despertou seus piores instintos, ou seja, trazer de volta a corrupção em detrimento de vidas que necessitavam de seu socorro.

Com o aumento do número de casos no Brasil, foi solicitado pelo Presidente da República a decretação do estado de calamidade pública, o que foi efetivado através Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, com efeitos até 31 de dezembro do mesmo ano, ficando, consequentemente, permitida a dispensa de realização de licitação em obras e serviços durante todo esse período. A desgraça que acometia nosso país foi o sinal verde para que o vírus da corrupção começasse a agir, numa velocidade infinitamente superior à da COVID 19.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar