Um Indiscreto Conluio na República

Brasil

Claudia Wild

Publicado em 11/08/2020

Não obstante o belo discurso dos nossos humanistas de auditório, autointitulados “defensores da democracia”, o que presenciamos no Brasil é um verdadeiro show de horrores contra as liberdades cantadas em verso e prosa por pseudodemocratas que, descaradamente, aplaudem o estreitamento de inúmeras garantias constitucionais.

O tribunal-mor do país, o STF, não faz mais questão de esconder que não possui apreço algum pelos preceitos constitucionais na mambembe e incipiente democracia brasileira. Dia após dia, deparamo-nos com decisões esdrúxulas, casuísticas e capazes de fazer corar qualquer medíocre operador do direito. Denúncias graves são ignoradas por agentes da lei, ao passo que narrativas patifes são tomadas como verdades absolutas - ainda que sem quaisquer lastros com a realidade factual ou provas materiais.

Estamos vivendo um momento sem precedentes na história brasileira. Um momento em que brasileiros são discriminados, perseguidos, processados e presos pelo simples fato de apoiarem um governo de direita - que se comprometeu a lutar contra (e aposentar) a deletéria agenda marxista seguida décadas a fio pelos governos anteriores. Agenda que afundou o país e piorou consideravelmente os seus problemas.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar