Capitalismo: caminho sem volta

Comportamento

Ernesto Araújo

Publicado em 09/07/2019

Não há quem não tenha um amigo marxista: eles estão por toda parte. Com efeito – e para surpresa de muitos - é provável que estes amigos sejam boas pessoas. Ao passo que há alguns marxistas genocidas – como Stalin, Mao e outros – a verdade fulgente é uma só: o que se passa com a maioria dos marxistas é que são burros, mas não assassinos.

Na abertura da Revista Terça Livre, não poderia deixar de esclarecer o propósito nada modesto desta coluna: ensinar economia de modo tão simples a ponto de que até um comunista – destes não genocidas - possa entender. Economia simples, não simplista; livre, não libertária.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar