Prometeu (des) acorrentado

Cultural

Carlos Maltz

Publicado em 16/06/2020

Como já tenho dito em palestras, cursos, lives etc., penso que o importante alinhamento entre Júpiter e Saturno nos primeiros graus do signo do Aquário, entre o final de 2020 e o começo de 2021, marca de forma aguda o início desta tão falada “Nova Era”.

Muito se fala, a favor, contra, religiosamente, cientificamente. Politicamente, como não poderia deixar de ser. Uns dizem que será o paraíso na Terra.

Será?

Pelos acontecimentos deste ano do Sol de 2020 talvez possamos imaginar que será o contrário.

Será? E como poderemos saber?

Em um trecho misterioso, de uma carta de fevereiro de 1955, endereçada a um amigo americano, o psiquiatra suíço C.G.Jung, um dos pais da Psicologia tal qual a conhecemos atualmente, conhecedor da alma humana e seus símbolos, diz o seguinte:

Agora chegamos a Aquário, do qual dizem os livros sibilinos: Lúcifer vires accendit Aquarius acres (Aquário inflama as forças selvagens de Lúcifer). E estamos apenas no início deste processo apocalíptico! Já sou duas vezes bisavô e vejo crescer aquela geração distante que há de viver inevitavelmente naquela escuridão muito tempo depois de nós.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar